domingo, 25 de setembro de 2016

RÚSSIA SUPERA ESPANHA COM GOLEADA E VAI A SEMIFINAL DO MUNDIAL DE FUTSAL

Rússia x Espanha, Mundial de futsal (Foto: Getty Images / Fifa)

Depois do atual bicampeão mundial Brasil ser eliminado nas oitavas de final, chegou a vez da seleção vice-campeã nas duas últimas edições também se despedir do Mundial da Colômbia, mas nas quartas de final, em Cali. Na repetição daquela que foi a final do último Europeu, em fevereiro, a Rússia levou a melhor num confronto tenso com a Espanha e se classificou para as semifinais, neste sábado, pelo placar de 6 a 2.
A eliminação espanhola decretou que o Mundial terá um novo campeão. Nas sete edições anteriores, somente o Brasil (1989, 1992, 1996, 2008 e 2012) e a Espanha (2000 e 2004) conseguiram conquistar o troféu.
A Rússia, cujo melhor resultado em Mundiais foi a terceira colocação em 1996, na Espanha, vai disputar uma das vagas da final na próxima terça-feira em Medellín, contra o Irã, o time que superou o Brasil, de Falcão, na primeira partida da fase eliminatória e bateu o Paraguai na prorrogação, na abertura das quartas de final, também neste sábado. Dois jogos neste domingo definem a outra semifinal: a Argentina pega o Egito às 17h30, em Medellín, e Portugal enfrenta o Azerbaijão às 20h, em Cali.
O primeiro tempo entre Rússia e Espanha foi de muitos gols. O primeiro veio aos 13, quando Chshkala pressionou a zaga adversária e, ao fazer a interceptação do passe, viu a bola entrar na meta de Sedano. Mas não houve muito tempo para comemorar. A Espanha empatou logo em seguida, com Rivillos, e a virada veio pouco tempo depois na cobrança de falta de Miguelín. Restando cinco minutos, os russos encontraram o empate, com Chshkala aparecendo na frente e completando para o gol vazio. Após um desentendimento entre Rômulo e Alex, lance em que acabou sobrando cartão amarelo para o goleiro Gustavo, deu tempo para Eder Lima ser o autor da segunda virada da partida, dessa vez para o lado russo (3 a 2).
Boa parte do segundo tempo foi de muita tensão entre as equipes. O duelo se equilibrou bastante e a catimba entre os jogadores aumentava cada vez mais. Até que Rômulo encontrou um gol aos 17 numa bola desviada - foi dado gol contra de Fernandão na súmula. Na comemoração, a arbitragem do brasileiro Gean Telles entendeu que houve provocação ao banco espanhol e expulsou o camisa 5.
Pareceu que o fato só fez crescer o ímpeto da Rússia. Se Rivillos perdeu um gol claro numa finalização bem ao lado do gol, Eder Lima ampliou na falha da zaga espanhola (5 a 2). Com menos de dez minutos para tentar ao menos o empate, os espanhóis foram para cima, muitas vezes usando o goleiro-linha. Mas os russos não só seguraram bem a pressão como o goleiro Gustavo fez o dele aproveitando o gol adversário vazio, com dois minutos a serem jogados. O placar se manteve assim até o final, decretando o triunfo tricolor.
AS ESCALAÇÕES 
Rússia: Gustavo, Chshkala, Eder Lima, Robinho e Davydov
Reservas: Zamtaradze, Vikulov, Shayakhmetov, Lyskov, Rômulo, Milovanov, Abramov, Niiazov e Abramovich
Técnico: Sergey Skorovich

Espanha: P. Sedano, Ortiz, Pola, Rivillos e Alex
Reservas: Juanjo, J. Herrero, Jose Ruiz, Bebe, Aicardo, Fernandão, Lozano, Miguelín e Raul Campos
Técnico: Venancio Lopez

OS CONFRONTOS DAS QUARTAS DE FINAL
Sábado (24/09)
Paraguai 3 x 4 Irã
Rússia 6 x 2 Espanha

Domingo (25/09)
17h30 - Argentina x Egito
20h - Azerbaijão x Portugal

Fonte: globoesporte.globo.com

JUSTIÇA SUSPENDE VENDA DE INGRESSOS DO JOGO BRASIL X BOLÍVIA; ENTENDA O CASO



Arena das Dunas (Foto: Alexandre Lago)

A justiça do Rio Grande do Norte suspendeu na noite deste sábado a venda de ingressos para o jogo entre Brasil e Bolívia, que será realizado no dia 6 de outubro, na Arena das Dunas, em Natal. O juiz Sérgio Roberto Maia deferiu o pedido de liminar após Ação Civil Pública do Ministério Público local, por meio da Promotoria do Consumidor.

O caso envolve a recusa no pagamento de milhares de compras efetuadas pelo site indicado pela Confederação Brasileira de Futebol. Segundo a Ação Civil Pública, isto teria ocorrido de forma injustificada. Os ingressos dessas compras recusadas seriam recolocados à venda na segunda-feira. Agora, estes bilhetes só poderão ser disponibilizados novamente após a revisão de todos os casos.

Pela decisão, a CBF, a Guichê Web, site designado para operar as vendas, e a PagSeguro, empresa responsável por operacionalizar as transações com cartão de crédito, terão que suspender a venda de ingressos "oriundos da devolução de análise de crédito". A entidade e as empresas rés terão também que encaminhar, no prazo de 48 horas, "relação nominal de todos os consumidores e seus respectivos processos de compra que foram recusados"; e revisar todos os "processos de compra que tiveram recusa injustificada no pagamento e, em caso de novas recusas, que sejam apresentadas justificativas individualizadas, com a devida comunicação ao consumidor interessado".

Decisão Justiça ingressos Brasil x Bolívia (Foto: Reprodução)Decisão da justiça sobre a venda dos ingressos que tiveram recusa no pagamento (Foto: Reprodução)
A justiça fixou ainda multas de R$ 500 mil para o descumprimento da suspensão, e R$ 100 mil (diária) caso não obedeçam as outras recomendações, referentes aos dados dos consumidores e revisão dos motivos da recusa das compras.
O juiz Sérgio Maia ainda revelou que uma parte da carga foi reservada para a venda em pontos físicos, a partir do dia 29, na Arena das Dunas e nas lojas Sport Master, para amparar os consumidores que não podem comprar pela web (por não ter cartão de crédito ou por ter acesso limitado à internet).
Segundo a CBF, a carga de 31 mil ingressos para Brasil x Bolívia se esgotou em menos de oito horas, na última quinta-feira. Milhares de torcedores tiveram suas compras recusadas, e outros milhares não tiveram sucesso nas tentativas pelo site. A partida é válida pela nona rodada das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo da Rússia 2018.
FONTE: globoesportecom

SANTA CRUZ DE NATAL VENCE O LÍDER POTENGI EMBOLA A SEGUNDONA DO RN

Diego Mipibu Santa Cruz x Atlético Potengi (Foto: Diego Simonetti/Blog do Major)
O Santa Cruz de Natal se recuperou bem da derrota para o Força e Luz e bateu o líder Atlético Potengi por 2 a 0 na tarde deste sábado. O jogo foi realizado no Estádio Frasqueirão. O Tricolor foi superior durante toda a partida, mesmo quando ficou com um jogador a menos no segundo tempo. Os gols da vitória foram marcados por Diego Mipibu e Índio Oliveira. 
Com o resultado, o Tricolor chegou a seis pontos e agora é o segundo colocado da segunda divisão do Campeonato Potiguar. O Potengi tem sete, mas com um jogo a mais. O próximo compromisso do Santa é contra o Visão Celeste, na sexta-feira, no Nazarenão, em Goianinha. Na oportunidade, terá a chance de assumir a liderança da competição, já que o Potengi estará de folga na quinta rodada.
O jogo


Santa Cruz de Natal x Atlético Potengi (Foto: Divulgação)
Sem o zagueiro Romeu e o volante Júlio Terceiro, suspensos, o técnico Higor César promoveu mudanças na equipe. Mael entrou na zaga, e Ray no meio-campo. Régis, que vinha atuando como atacante, voltou a jogar como volante. Klysman, Erick e Diego Mipibu também ganharam espaço entre os titulares na linha ofensiva. E foi de Mipibu, aos 29 minutos do primeiro tempo, o primeiro gol do Santa. Hudson preparou com o peito e o camisa 10 emendou um chutaço. A bola ainda bateu na trave antes de entrar.

Na segunda etapa, o Tricolor perdeu o atacante Klysman, expulso aos 14 minutos. Mesmo com um a menos, o Santa Cruz manteve a mesma pegada e ampliou o placar com Índio Oliveira, após mais uma assistência de Hudson. O terceiro gol só não veio devido a um erro do árbitro Emanuel Eduardo Marinho. Ele marcou simulação de falta em jogada que Índio Oliveira tocou por cima do goleiro, sofreu o choque na área e a bola entrou. O árbitro não esperou a conclusão do lance e, apesar de ter sido avisado pelo assistente, reafirmou a anulação do gol.
Fonte: globoesportecom/rn

sábado, 24 de setembro de 2016

NO ABC, LÚCIO FLÁVIO COMEMORA O RETORNO DO ARTILHEIRO JONAS CARIOCA


ABC - Jones Carioca, atacante (Foto: Frankie Marcone/ABC FC/Divulgação)O ABC conta com o retorno de quatro jogadores para o confronto decisivo contra o Botafogo-SP, no próximo dia 30, em Ribeirão Preto. O lateral-direito Filipi Sousa e o atacante Jones Cariocavoltam de suspensão, enquanto o zagueiro Léo Fortunato e o volante Felipe Guedes foram poupados contra o ASA. O capitão Lúcio Flávio destacou a importância de Jones para o time. O camisa 11 é artilheiro isolado da Série C com 10 gols e preocupa a zaga adversária, conforme revelou Filipe, zagueiro do time paulista.

- Eu acho que o Jones Carioca foi bastante importante ao longo da Série C para o ABC, fazendo gols decisivos. Como todos os outros que ficaram da partida (contra o ASA) também tem sua importância e sua função dentro do time. A gente conta com esses atletas para o time ganhar corpo e fazer um bom resultado em Ribeirão Preto - declarou Lúcio Flávio.

O camisa 10 do Alvinegro ressaltou a importância da concentração para este duelo contra o Bota. Segundo o jogador, esse é o momento que o ABC esperou durante todo o ano.
- Esse é um confronto que nos leva a uma outra série e o clube tem muito a ganhar com isso. Então, vamos ter uma atenção grande e finalizar bem a nossa preparação porque agora é o momento que todos nós aguardávamos. O time se preparou para isso e não podemos deixar passar uma oportunidade tão boa quanto essa - disse.
O meia de 37 anos destacou ainda o bom nível das equipes da Série C. Pela primeira vez jogando a terceira divisão brasileira, Lúcio falou que o cenário é muito diferente do que ele esperava encontrar.
- Pelo que a gente ouvia, eu entendo que houve um ganho considerável em relação à qualidade das equipes. Pegamos bons campos para jogar, diferente do que era anos atrás. Eu acho que o futebol tem que ter essa condição de divisões com uma qualidade maior em relação a trabalho. Isso faz que quem acompanhe possa ver bons jogos - completou.
Fonte: globoesporte.com/rn


VENHA CONFERIR AS NOVIDADES NA REDE UNILAR PEDRINHO ELETROMÓVEIS



GUARDA ROUPA DEMÓBILE CANADÁ 6 PORTAS C/ 9 GAVETAS
BAIXOU: DE R$ 1.099,00 POR  R$ 999,00 Á VISTA OU AINDA EM 12 X 99,90 NOS CARTÕES


FRUTEIRA NOTÁVEL DIVA
APENAS R$ 239,00 Á VISTA OU EM 12 X 23,90 NOS CARTÕES


ESCRIVANNHA NOTÁVEL SIENA
APENAS R$ 139,00 Á VISTA OU EM 12 X 13,90 NOS CARTÕES




GUARDA ROUPA MAXEL PARIS 4 P ( 100% MDF)  
APENAS R$ 539,00 Á VISTA OU EM 12 X 53,90 NOS CARTÕES



VENTILADOR ARNO TURBO SILENCIO 40 CM REF. VF40
APENASR$ 219,00 À VISTA OU EM 12 X 21,90 NOS CARTÕES











VENTILADOR MALLORY 30 CM BOREAL
APENAS R$ 79,90 À VISTA

VENTILADOR ARNO TURBO SILENCIO 40 CM REF. VF40
APENASR$ 219,00 À VISTA OU EM 12 X 21,90 NOS CARTÕES

CONJ. BOX ORTOLITE MÁXIMO CASAL 1,38 C/ MOLAS ENSACADAS
APENAS R$ 1.499,00 Á VISTA OU EM 12 X 149,90 NOS CARTÕES
GANHA DE BRINDE: 02 TRAVESSEIROS

GUARDA ROUPA MAXEL PARIS 4 P ( 100% MDF)  
APENAS R$ 539,00 Á VISTA OU EM 12 X 53,90 NOS CARTÕES

GUARDA ROUPA PANAN LEBLON( 100% MDF) C/ PUXADORES EM ALUMÍNIO E MAIS DE 2 METROS DE ALTURA
APENAS R$ 1.699,00 Á VISTA OU EM 12 X 169,90 NOS CARTÕES


GUARDA ROUPA PANAN UNI 6 PORTAS 100% MDF
APENAS R$ 999,00 À VISTA OU EM 12 X 99,90 NOS CARTÕES


GUARDA ROUPA DEMÓBILE CANADÁ 6 PORTAS C/ 9 GAVETAS
BAIXOU: DE R$ 1.099,00 POR  R$ 999,00 Á VISTA OU AINDA EM 12 X 99,90 NOS CARTÕES


ESCRIVANNHA NOTÁVEL SIENA
APENAS R$ 139,00 Á VISTA OU EM 12 X 13,90 NOS CARTÕES


MULTIUSO NOTÁVEL NAPOLITANO
POR APENAS R$ 239,00 Á VISTA OU EM 12 X 23,90 NOS CARTÕES


FRUTEIRA NOTÁVEL DIVA
APENAS R$ 239,00 Á VISTA OU EM 12 X 23,90 NOS CAR




 O SEU AMIGO DE SEMPRE!
LOJAS EM ASSU, UPANEMA E ALTO DO RODRIGUES!

APÓS QUEDA PARA A SÉRIE D; AMÉRICA/RN INICIA REFORMULAÇÃO DO TIME PARA 217

Em meio ao processo judicial que interpôs junto ao STJD, sobre uma suposta irregularidade no volante Sapé, do Botafogo-PB, o América-RN começa a pensar em 2017 e a planejar o futuro alvirrubro. Nesta sexta-feira, o clube anunciou as saídas de cinco jogadores que disputaram a Série C do Campeonato Brasileiro: os zagueiros Gustavo e João Paulo, o volante Diego Silva, o meia Alex Henrique e o atacante Romarinho. Destes, o atacante retorna ao Globo FC, seu clube de origem, no qual havia sido emprestado ao Mecão.

América-RN - cinco jogadores dispensados - Gustavo - João Paulo - Diego Silva - Alex Henrique - Romarinho (Foto: Canindé Pereira/América FC/ Divulgação)

O zagueiro Gustavo foi contratado no fim de dezembro do ano passado e chegou ao Alvirrubro com o peso do título brasiliense pelo Gama. Após a perda do Campeonato Potiguar, foi mantido como titular e, inclusive, ganhou a faixa de capitão do então treinador Sérgio China. Mas, acabou flagrado em exame antidoping e disputou apenas cinco jogos na Série C. O outro defensor, João Paulo, foi contratado logo após o duelo entre Gama e América-RN, pela segunda fase da Copa do Brasil. Atuou em algumas partidas como titular e voltou a formar dupla com Gustavo, mas acabou sofrendo uma grave lesão muscular na coxa direita e ficou de fora da equipe.
O volante Diego Silva chegou ao América-RN em junho deste ano, por indicação do técnico Francisco Diá, após uma passagem pelo Guarani. O jogador não conseguiu se firmar como titular e, com problemas físicos, perdeu espaço no time. Outra aposta da diretoria foi a contratação do meia-atacante Alex Henrique, que se apresentou ao Alvirrubro no mês de julho. Depois de uma passagem pelo Chiangrai United, da Tailândia, o jogador chegou com perfil de titular, por já ter trabalhado com Francisco Diá, mas não rendeu o esperado. Na derrota contra o Confiança, pela 17ª rodada, entrou como titular, mas acabou substituído ainda no primeiro tempo.
Alex Henrique meia do América-RN (Foto: Frankie Marcone/ABC)

O atacante Romarinho reforçou o América-RN na reta final da competição, juntamente com mais três jogadores - o goleiro Rafael e os volantes Leomir e Pablo Oliveira. O quarteto, com origem do Globo FC, foi emprestado depois da eliminação da Águia de Ceará-Mirim na Série D. O atacante foi elogiado por Francisco Diá e logo ganhou a vaga de titular. Com o rebaixamento do Mecão à quarta divisão nacional, o jogador volta ao Globo FC.
Fonte: globoesporte.com/rn

CASO SAPÉ: AMÉRICARN TEM DOSSIÊ E DEVE APRESENTAR DENÚNCIA AO STJD


América-RN - Diogo Pignataro, vice-presidente jurídico - Beto Santos, presidente (Foto: Assessoria de Comunicação/América-RN FC)Após quase uma semana de silêncio por conta do rebaixamento à Série D do Campeonato Brasileiro, a direção do América-RN falou, com exclusividade ao GloboEsporte.com, sobre a investigação que busca identificar as irregularidades na inscrição do volante Jardson Sapé, do Botafogo-PB, que seria o alvo de denúncia do clube potiguar e do Remo, que perdeu a vaga no G-4 do Grupo A da Série C, junto ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva.

Por telefone, o vice-presidente jurídico do América-RN, Diogo Pignataro, revelou que o Mecão deve entrar com a "noticia de infração" no STJD até, no máximo, a próxima segunda-feira. No dossiê, estão reunidos indícios sobre a infração cometida pelo Belo, que causariam a perda de pontos do time paraibano e, consequentemente, o descenso à quarta divisão nacional. O primeiro passo para a consulta na Justiça foi dado logo após o empate entre Remo e América-RN no Estádio Mangueirão, em Belém, que causou a desclassificação do Leão e o rebaixamento do Dragão. Os presidentes se reuniram e viajaram juntos ao Rio de Janeiro para provar que há uma anormalidade nos documentos do jogador do Botafogo-PB.

- A história é muito simples. Quando acabou o jogo, no domingo passado, lá em Belém, a gente foi procurado pelos dirigentes do Remo. Eles também, por sua vez, também tinham sido procurados por uma pessoa, que dizia ter elementos de uma possível irregularidade de jogadores do Botafogo-PB. Um passo dessa medida precisa ser muito bem dado, muito cauteloso, para evitar aventuras ou situações que não valham a pena inveredar por um processo esportivo. Então, o que a gente tem feito, até hoje, acredito que oficialmente, a gente deva interpor alguma coisa amanhã (sexta-feira, dia 23) ou mais tardar na segunda-feira (dia 26), para justamente reunir essa documentação sobre essa irregularidade, que ao nosso ver, ela existe. Porém, não posso dizer ainda qual é, com mais detalhes, para não atrapalhar. Existe uma irregularidade e é isso que a gente está se pautando, reunindo documentações, formatando a notícia de infração, para poder, de fato, protocolar o pedido no STJD - disse Pignataro.

Um dossiê foi entregue em mãos aos presidentes de América-RN e Remo, mas Diogo Pignataro negou que o documento tenha sido repassado por algum membro de uma diretoria de outro clube da Série C.

- (A pessoa) não era vinculado a clube algum. A partir disso, obviamente, que os dois clubes tinham interesse na questão, interesses diferentes, mas tinham. No próprio domingo à noite, nós decidimos pela reunião e Beto (Santos), juntamente com o presidente do Remo (André Cavalcante), decidiram ir ao Rio de Janeiro para tentar levantar mais essas informações, que é o que tem sido feito até agora, inclusive - justificou.

Nesta semana, o processo ganhou corpo jurídico para América-RN e Remo, com a consulta ao escritório Bittencourt & Barbosa Advogados Associados, que tem como um dos sócios o vice-presidente jurídico do Fluminense, Mario Bittencourt, e que deve ser confirmado para assumir o caso do clube paraense nesta sexta-feira. Muito embora, todo o posicionamento referente ao processo por parte do clube potiguar terá como responsável o advogado Diogo Pignataro.
- Até o momento, a gente tem evitado dar alguma declaração, para não atrapalhar as nossas estratégias. Isso, inclusive, é orientação minha. A verdade é que, vários veículos de imprensa daqui (de Natal), de João Pessoa e de Belém começaram a causar diversas especulações sobre o assunto, uma vez que a gente não havia se posicionado oficialmente. O fato, também, que ao longo desses dias no Rio de Janeiro o presidente Beto (Santos) procurou alguns especialistas da área, dentre eles Mario Bittencourt, mas não houve a contratação de ninguém. Bittencourt é um dos vice-presidentes jurídicos do Fluminense, eu conversei com ele, mas não há a contratação dele em especial por parte do América-RN. Todo posicionamento nosso vai se dar através do nosso corpo jurídico, principalmente por mim. O que a gente deve fazer é uma notícia de infração junto à Procuradoria do STJD. Algo diferente disso, como dizer que o América-RN desistiu, recuou... Não existe. De fato, estávamos em silêncio esse tempo todo, porque era necessário para elucidar melhor a questão, para fazer um trabalho com fundamento e constatamos que há uma irregularidade. Mas, não posso externar e entrar em detalhes sobre ela para não prejudicar a nossa estratégia. Existem irregularidades e vão ser pontuadas na notícia de infração e quando isso acontecer, com o protocolo disso tudo, daremos mais detalhes - completou o advogado do América-RN.
Remo empata com o América-RN e não consegue continuar na briga pelo acesso (Foto: Cristino Martins/O Liberal)
Um dos pontos da denúncia feita por América-RN e Remo ao STJD seria a de uma assinatura realizada por um dirigente do CSP, clube de João Pessoa, em nome do presidente e vice-presidente do Botafogo-PB. O caso foi estudada pela diretoria americana e chegou-se a especular de que os atacantes Lúcio Curióe Caaporã, contratados pelo Alvirrubro junto ao clube paraibano, estariam em situação jurídica semelhante e poderiam prejudicar no andamento da investigação. Os dois acabaram dispensados pela direção, junto com outros três jogadores, antes mesmo do campeonato terminar. Diogo Pignataro afirmou que os casos são diferentes e possuem uma segurança jurídica.

- No caso de Lúcio (Curió), não houve empréstimo do CSP. O jogador não era vinculado ao clube paraibano quando veio ao América-RN nesta última vez. Lúcio assinou o contrato diretamente com o América-RN. No caso de Caaporã, inicialmente o contrato dele foi enviado com a assinatura desse procurador, mas foi rechaçado pela nossa supervisão de futebol. Voltou para João Pessoa, eles refizeram o documento, em que há todo um procedimento no site da CBF, e o real presidente do CSP assinou o documento. Assim, nós seguimos com a contratação. Então, isso não afetará em nada o que a gente pretende pleitear. As situações não são, de forma alguma, equivalentes. Tivemos o cuidado e isso fez parte da nossa análise nos últimos dias, para que tomássemos uma medida que não nos afetasse. Por isso, Beto (Santos) continua no Rio de Janeiro acompanhando o caso - revelou.

Casos complexos
Desde 2012 com a responsabilidade de cuidar dos assuntos jurídicos do América-RN, Diogo Pignataro disse não ter enfrentado um processo tão complexo com esse. Três casos requereram um atenção especial do advogado, todos com envolvimento em doping: os atacante Max, em 2012, e Índio Oliveira, em 2013, e o zagueiro Gustavo, flagrado após exame realizado na estreia da Série C deste ano. Neste processo, o clube apresenta a notícia a Justiça, e após análise da documentação, abre-se o processo de denúncia ao clube infrator.

- Eu já lidei com diversos processos disciplinares esportivos. Alguns, tiveram uma certa complexidade, como os casos de doping de Max, Índio Oliveira e Gustavo, que são processos que fogem dos processos triviais. Esse, agora, é um processo bem diferente, porque a gente não tem uma legitimidade para acionar o Tribunal. A gente precisa noticiar o fato à Procuradoria, é ela quem vai fazer o juízo de valor. Se ela entender que houve a infração, ela vai apresentar a denúncia. O clube não pode ofertar, diretamente, a denúncia sobre o Botafogo-PB. Por conta dessa peculiaridade, é um processo mais diferente desde que assumi a vice-presidência jurídica do América-RN, em 2012. Nesse caso, se a gente conseguir êxito, obviamente vai ter um benefício direito ao América-RN - completou.

FONTE: globoesporte.com/rn